MEDIDAS PARA GARANTIR A SEGURANÇA ONLINE

Você sabia que o comércio eletrônico nacional sofre uma tentativa de fraude a cada cinco segundos? E que, em 2017, cerca de 3% dos pedidos feitos no Brasil foram por meio de cartões de crédito clonados?

Por isso, é essencial conhecer as medidas certas para se proteger e, assim, evitar prejuízos de correntes desse tipo de golpe.

Além de garantir a segurança do seu negócio online, você estará diminuindo a possibilidade de chargebacks e firmando uma imagem mais confiável perante os seus clientes.

Portanto, confira abaixo três conselhos para assegurar o seu e-commerce:

1 – Certificado SSL

SSL (ou Secure Sockets Layer) é uma tecnologia que resguarda, por meio de criptografia, as informações trocadas dentro de uma rede e, dessa maneira, faz com que as mesmas permaneçam privadas.

No caso de um e-commerce, o SSL tem papel fundamental no momento do checkout, pois serve de proteção para os dados pessoais e bancários dos clientes, impedindo possíveis intercepções externas, como as de hackers.

Para identificar este certificado em qualquer site, os usuários podem conferi-lo tanto na URL (que deve conter “https://”), quanto pelo ícone de um cadeado verde na barra de navegação.

2 – Selos

Selos são certificados que validam a segurança de um site e, por consequência, ampliam a boa reputação do mesmo. Dentre os mais conhecidos, destacam-se o Ebit, o Site Blindado e, especialmente para novembro, o Black Friday Legal:

Ebit   

Este primeiro sistema permite que os consumidores avaliem a sua loja virtual. Por meio de pesquisas, a Ebit recolhe impressões relacionadas à experiência de compra e de pós-venda e à satisfação do item comprado.

Seu negócio, dependendo das avaliações, poderá receber diferentes medalhas que variam entre bronze, prata, ouro e diamante — sendo, esse último selo, o que representa maior credibilidade.

Site Blindado

Por meio de diferentes planos pagos, esta ferramenta identifica vulnerabilidades (ataques e invasões), protege dados inseridos pelos clientes, evita infecções por malwares e envia diagnósticos para te auxiliar na solução de possíveis problemas.

Grandes empresas, como Americanas, Submarino e Polishop, utilizam o selo do Site Blindado.

Black Friday Legal

Em novembro, o volume de pedidos cresce seja por conta da Black Friday ou do Natal se aproximando. Assim, nada melhor do que atestar a garantia com o selo Black Friday Legalnesse período.

Tal certificado é concedido pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico e assegura ao consumidor quais sites seguem as boas práticas do e-commerce e aderem ao Código de Ética.

3 – Sistemas de antifraude

Atualmente o mercado conta com inúmeras empresas especializadas em análise de fraudes. Por meio deste serviço, os dados dos clientes são coletados com o objetivo de cruzar informações e comprovar legitimidade.

Geralmente tais sistemas validam detalhes cadastrais, como: geolocalização (endereços de entrega e de cobrança), código de segurança dos cartões de crédito, perfil do consumidor, entre outros aspectos.

Assim, se os dados são compatíveis, as transações são aprovadas. Do contrário, são reprovadas automaticamente. Neste último caso, a análise passa a ser manual, como por ligações telefônicas para a conferência dos pedidos e das informações pessoais.

Essas são algumas das muitas medidas que você poderá adotar para proteger o seu e-commerce e seus clientes de ações fraudulentas. Aposte nas práticas acima para, assim, alcançar uma imagem mais confiável e, consequentemente, maiores taxas de conversão e fidelização.

IT4 Solution